quarta-feira, 6 de maio de 2015

Subcomandante do 71º BI Mtz morre após realização de teste físico no quartel em Garanhuns


Tenente-coronel Cândido
O tenente-coronel Cândido Renato Carolino Rodrigues, sub-comandante do 71º BI Mtz, faleceu por volta das nove horas da manhã desta quarta-feira (06/05) no aquartelamento do batalhão em Garanhuns  após executar uma corrida para um Teste de Aptidão Física (TAF) realizado a cada quatro meses por todos os militares da ativa. Após correr os 12 minutos, que é o previsto para a corrida do TAF, o tenente-coronel Cândido perdeu os sentidos e caiu. O militar foi socorrido para o Hospital Monte Sinai, mas já chegou sem vida, vitimado por um infarto fulminante. 

O tenente-coronel Cândido Renato Carolino Rodrigues era gaúcho de Porto Alegre. Tinha 49 anos, 25 destes dedicados à carreira no Exército. Casado, deixa dois filhos.

 O oficial estava há pouco mais de um ano como sub-comandante do Batalhão Duarte Coelho em Garanhuns.  Assumiu o comando do 71º BI Mtz durante três meses enquanto o titular do cargo, tenente-coronel Vasconcelos, estava em missão na força de pacificação da Favela da Maré, no Rio de Janeiro.

Em nota, o prefeito de Garanhuns Izaías Régis (PTB) lamentou a morte do militar, com quem teve bastante contato durante o comando interino do oficial no 71º BI Mtz. O gestor municipal, que está em Brasília (DF), ficou sabendo da notícia por telefone, e deixou seus sinceros sentimentos à toda família do militar.

 O Comandante do 71ºBI Mtz, tenente-coronel Sandro Gomes de Vasconcelos, também em nota, lamentou a morte do seu subcomandante e esclareceu que todos os militares do Batalhão passam por uma avaliação médica antes de realizarem quaisquer atividades físicas. Por fim, enfatizou que irá apurar o ocorrido através da instauração procedimentos administrativos. 

Fonte: http://www.vecgaranhuns.com/