terça-feira, 30 de setembro de 2014

TSE proíbe o Uso de celulares, tablets ou qualquer Equipamento que comprometa a Votação


Pessoas que desrespeitarem a legislação estão sujeitas a até dois anos de detenção
De acordo com a assessoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o eleitor deverá ficar atento quanto ao uso de celulares, smartphones e tablets neste domingo (05) dia da votação. As regras são as seguintes: enquanto estiver votando, o eleitor deverá deixar o aparelho em um móvel, próximo aos colaboradores responsáveis pela seção eleitoral, e evitar maiores constrangimentos.
“Os mesários e o presidente de mesa estão orientados a determinar que o eleitor deixe os equipamentos eletrônicos que portar com o mesário”, informou a assessoria do TSE à Agência Brasil. O eleitor também está proibido de portar máquinas fotográficas, filmadoras, equipamento de radiocomunicação, ou qualquer instrumento que possa comprometer o sigilo do voto, conforme a legislação eleitoral.
É proibido publicar imagens ou fotos do voto e quem fizer isso pode sofrer sanções, uma vez que o sigilo do voto também abrange ambientes virtuais e redes sociais. Segundo o TSE, não haverá revista de eleitores. Porém, pessoas que desrespeitarem a legislação estão sujeitas a até dois anos de detenção. O Tribunal Superior Eleitoral ainda alerta que em caso de os mesários flagrarem algum eleitor fotografando o voto, o episódio será registrado em ata, identificando o eleitor. Sendo assim, caberá ao juiz eleitoral comunicar o fato ao Ministério Público Eleitoral para instauração de inquérito.

Fonte: http://www.agresteagora.com/tse-proibe-o-uso-de-celulares-tablets-ou-qualquer-equipamento-que-comprometa-votacao/

Garanhuns: Justiça Eleitoral e Polícias Civil e Militar definem esquema de Segurança nas Eleições


Está proibida: a distribuição ou venda de bebidas alcoólicas em Comitês e o transporte de eleitores sem autorização da Justiça Eleitoral
A segurança das eleições 2014, no Agreste Meridional será realizada pelo efetivo do 9° Batalhão de Polícia Militar e pelo efetivo da Polícia Civil. A reunião para discutir o esquema, a ser utilizado, aconteceu nessa terça (30), no auditório da Rádio Jornal, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco.
No encontro, o Juiz Eleitoral Márcio de Sá Bastos, orientou os policiais sobre como agir no dia 5 de outubro. O eleitor pode fazer divulgação individual e silenciosa, como portar uma bandeira, utilizar um broche ou adesivo. Porém, a aglomeração de pessoas padronizadas, pode caracterizar boca de urna. Os comitês não podem vender ou distribuir bebidas alcoólicas e, para transportar eleitores, é necessário que o veículo esteja autorizado pela Justiça Eleitoral.
“Conforme a solicitação do Juiz Eleitoral, a Polícia Militar está disponibilizando efetivo para todos os municípios, com um oficial comandando o policiamento. Assim, o eleitor poderá ir tranquilo ao seu local de votação”, afirmou o Comandante do 9º BPM de Garanhuns, Coronel Fernando Maranhão.
De acordo com o Delegado Seccional, Marcos Omena, o esquema de segurança inicia no domingo de 8h às 20h, em todas as 20 áreas da 18° Delegacia Seccional de Garanhuns. “Nós vamos receber reforços para o dia 5 e todo nosso efetivo estará trabalhando neste próximo domingo. Toda ocorrência que houver, sendo eleitoral ou não, iremos analisar os fatos, e autuar em flagrante ou não”, disse o Delegado.

Fonte: http://www.agresteagora.com/garanhuns-justica-eleitoral-e-policias-civil-e-militar-definem-esquema-de-seguranca-nas-eleicoes/

Saiba quais bancos de Garanhuns e região aderiram à greve nacional

Os bancários de Garanhuns e Região rejeitaram em assembleia que aconteceu ontem (29/09), mais uma proposta de reajuste salarial e iniciaram hoje a paralisação das agências bancárias em Garanhuns, Angelim, Bom Conselho, Lajedo, São João, Capoeiras e Aguas, unindo-se assim ao movimento Grevista Nacional por tempo indeterminado.

E expectativa é que mais cidades da base devem aderir à greve nos próximos dias. A última paralisação dos bancários ocorreu entre setembro e outubro do ano passado e durou mais de 20 dias.

Negociação
Enquanto a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) oferece um reajuste de 7,35% nos salários e se nega a discutir cláusulas importantes como o fim do assédio moral nas agência e a contratação de mais bancários, o SEEB Garanhuns e Região reivindica, além do reajuste salarial de 12,5%, PLR de três salários mais parcela adicional de R$ 6.247.
Os bancários também lutam pela gratificação de caixa de R$ 1.042,74, gratificação de função de 70% do salário do cargo efetivo e vale-cultura de R$ 112,50.

Confira a adesão no 1° dia de greve dos Bancários de Garanhuns e Região
Banco do Brasil Bom Conselho
Banco do Brasil de Capoeiras
Banco do Brasil Lajedo
Banco do Brasil São João
Banco do Brasil Garanhuns Centro
Banco do Brasil Garanhuns Heliópolis
Santander Bom Conselho
Santander Garanhuns
Caixa Garanhuns centro
Caixa Garanhuns Heliópolis
Caixa Garanhuns Justiça Federal
Bradesco Angelim
Bradesco Lajedo
Bradesco Águas Belas
Banco do Nordeste Garanhuns
Fonte: Sinciato dos Bancários de Garanhuns e Região

Fonte: http://www.vecgaranhuns.com/

Paulo, Armando e Zé Gomes partem para o ataque no último debate em Pernambuco

Na Rede Globo, formato permitiu confronto direto o tempo inteiro entre os três candidatos ao governo do Estado


 / Foto: Igo Bione/JC Imagem

Foto: Igo Bione/JC Imagem

Paulo Câmara (PSB) foi o alvo preferencial dos outros dois candidatos, Armando Monteiro (PTB) e Zé Gomes (PSOL) durante o último debate em nível estadual promovido na noite desta terça (30), pela Rede Globo. Mais curto que eventos anteriores promovidos por outras emissoras, o debate se dividiu em três blocos: o primeiro, composto por duas rodadas de temas livres; o segundo, com temas definidos por sorteio; e o terceiro, voltado para as considerações finais. 
Armando abriu as perguntas, inquirindo Paulo acerca de sua avaliação sobre a importância dos governos Lula e Dilma para Pernambuco. O socialista respondeu que a gestão de Eduardo Campos “teve ajuda de muita gente, mais de Lula que de Dilma”, e que o Estado se destaca por estruturar bons projetos e tirá-los do papel. Armando criticou o adversário, dizendo que foi “injusto diante da imensa contribuição de Dilma”, e recebeu uma cutucada de volta. Paulo afirmou que ele estaria agindo ao sabor das intenções de voto e que, “agora que Dilma subiu nas pesquisas, resolveu falar dela”. 
A maior saia-justa da discussão foi quando Zé Gomes perguntou a Paulo sobre a procedência de R$ 8 milhões recebidos por seu partido, o PSB. Visivelmente nervoso, ele disse que a população quer “debates com propostas sobre educação e saúde”, e que não teria esses dados no momento, mas poderia disponibilizá-los, já que as doações seriam “legais e transparentes”. Diante disso, Gomes desafiou o adversário a comparecer hoje, às 14h, no Tribunal Regional Eleitoral, a fim de apresentar esses dados, afirmando que “quem paga a banda, escolhe a música”. Zé Gomes também “apertou” Paulo sobre a questão da criminalização da homofobia e da união entre pessoas do mesmo sexo, destacando a ligação do PSB com “pontas-de-lança anti-LGBT” como o deputado federal Pastor Eurico. Nervoso, Paulo acabou se declarando “a favor e contra qualquer tipo de discriminação”. 
Outro destaque aconteceu quando Paulo perguntou a Armando quais seriam suas propostas voltadas para os servidores públicos. “Você ajudou a promover um dos maiores arrochos salariais da história de Pernambuco”, acusou o petebista, citando o caso dos professores e policiais e acrescentando que Paulo poderia ter melhorado as condições de trabalho dessas categorias quando secretário de governo, mas não o fez. Paulo rebateu com críticas à atuação de Armando na iniciativa privada, que teria resultado em demissões e dívidas trabalhistas, e foi descrito por Armando como “demagogo” e alguém que “fez carreira na burocracia sendo nomeado por contraparentes”. Armando também atacou a “abusiva exploração” da imagem de Eduardo Campos na campanha do PSB. “Vou continuar falando de Eduardo e não é você quem vai definir isso”, disse Paulo, frisando ter “entrado no serviço público por meio de concurso”.
O petebista alfinetou o adversário sobre uma rubrica de R$ 4 bilhões disponibilizados pelo governo para gastos com informatização na área da Saúde, e diante da evasiva, afirmou que “Paulo não responde de maneira frontal”. E numa questão sobre saneamento, Armando afirmou que quando assumir o governo, terá Dilma como parceira, o que fez Paulo dizer que “o povo de Pernambuco não gosta de chantagem”. Armando quis direito de resposta, por se considerar ofendido, mas o pedido foi negado pela produção da emissora.

Fonte:http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/politica/eleicoes-2014/noticia/2014/10/01/paulo-armando-e-ze-gomes-partem-para-o-ataque-no-ultimo-debate-em-pernambuco-148492.php

Do JC Online

Pedro Falcão é o novo Reitor da Universidade de Pernambuco!


 · 
Pedro Falcão é o novo Reitor da Universidade de Pernambuco! Ainda não terminou a apuração, mas os resultados apontam para a vitória! 
Neste momento, uma da madruga, estamos na sede da UPE no Recife, onde é grande a alegria. Dezenas de professores, servidores e estudantes estão numa bela confraternização com Pedro e Socorro Cavalcanti, a nova vice-reitora da Universidade!!

Pedro está eleito para dirigir a instituição pelos próximos quatro anos, a partir de 1º de Janeiro.

Traremos os números finais.











Fonte: https://www.facebook.com/BlogdoRonaldoCesar

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Ninguém pensa no futuro


Carlos Chagas





















Dentro de uma semana, precisamente, estará sendo escolhido o novo Congresso. Dizia o 
dr.Ulysses, com humor, que pior do que o atual, só o próximo. A pergunta que se faz é sobre os limites da renovação, em especial na Câmara dos Deputados. É possível que não chegue a 50%. 
Nos principais partidos, os caciques deverão conservar suas cadeiras, exceção dos candidatos a governador ou ao Senado, aliás, poucos. Indaga-se da hipótese de, desta vez, ser aprovada a reforma política, mas as chances são poucas. Talvez a proibição de doações pelas empresas nas campanhas eleitorais, com o financiamento público ainda indefinido. Jamais a cláusula de  barreira para limitar o número de partidos políticos, muito menos o voto distrital e a votação para deputado federal em listas partidárias. Nem a revogação do princípio da reeleição.
O novo Congresso continuará dando sustentação ao palácio do Planalto,  qualquer que venha a ser a  presidente da República, Dilma ou Marina.  A conclusão é  de que o  governo permanecerá em condomínio com os partidos, funcionando o PMDB como tijolo de  sustentação tanto de uma quanto de outra das candidatas. Neste  caso, com o PT ao lado e o PSDB na oposição. Naquele, invertendo-se a equação, ou seja, os companheiros na oposição e os tucanos no governo.
Mudará alguma coisa?  Nem pensar. Dos programas de assistência social ao  orçamento insuficiente,   da ineficiência administrativa à insegurança nas ruas, da farra das empreiteiras à indigência dos municípios – o país será o mesmo. Tanto o Congresso quanto o Executivo continuarão olhando para o próprio  umbigo, pensando nos próximos quatro anos. 
Ninguém, em funções de relevo, cogita do que será o Brasil dentro de vinte,   trinta ou cinqüenta anos. O futuro não faz parte das preocupações nacionais, até porque os políticos de hoje não estarão mais aqui. Não é problema deles.

Fonte:http://www.blogdomagno.com.br/

Levy Fidelix defende que gays sejam tratados por psicólogos, mas longe dele e causa revolta


Levy Fidelix disparou críticas contra o casamento gay no debate deste domingo / Levi Bianco/Brazil Photo Press/Folhapress
Levy Fidelix disse em debate da Record que
aparelho excretor não reproduz e causou polêmica
Levy Fidelix, candidato à presidência da República pelo PRTB, criticou fortemente a união homo afetiva neste domingo. Ele disse que não ficará “escorado” por uma minoria e que prefere perder os votos dos homossexuais.

“Tenho 62 anos, pelo que eu vi na vida, 2 iguais não fazem filho, e digo mais, mas aparelho excretor não reproduz. Não podemos jamais deixar que tenhamos esses que aí estão fazendo, escorando essa minoria a maioria do povo brasileiro”, disparou durante o debate promovido pela TV Record.

“Eu como pai, avô, que tem vergonha na cara, ensinar os seus filhos e netos. Eu vi agora o Papa expurgar o padre pedófilo. Então, eu lamento, que façam bom proveito, mas como presidente, eu jamais vou estimular essa prática. Você já imaginou se começarmos a estimular isso aí, vamos reduzir a população brasileira pela metade. Vamos enfrentar esse problema. Essas pessoas que têm esses problemas que sejam atendidos por ajudas psicológicas,mas longe da gente" completou Levy. Logo após o debate, a hastag 

#LevyVocêÉNojento figurou em primeiro lugar nos tópicos do Twitter Brasil: Veja o vídeo com as declarações polêmicas de Levy Fidelix

Fonte: http://www.vecgaranhuns.com/

Debate: Dilma, Marina, Aécio alvos entre si e de rivais

Os candidatos no estúdio durante o quarto debate entre presidenciáveis da campanha eleitoral (Foto: Antonio Chahestian/Divulgação/Record)

Os candidatos no estúdio durante o quarto debate entre presidenciáveis da campanha eleitoral (Foto: Antonio Chahestian/Divulgação/Record)

Debate organizado pela TV Record reuniu sete candidatos a presidente.

Presidenciáveis se confrontaram diretamente e responderam a jornalistas.

Do Portal G1

Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) buscaram uns aos outros nas perguntas e também foram os principais alvos dos questionamentos dos demais rivais durante o quarto debate entre candidatos a presidente da campanha eleitoral deste ano, organizado na noite deste domingo (28) pela TV Record.
O debate durou cerca de duas horas e reuniu sete presidenciáveis: Dilma Rousseff (PT),Marina Silva (PSB), Aécio Neves (PSDB), Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro(PSOL), Eduardo Jorge (PV) e Levy Fidelix (PRTB). Foi dividido em quatro blocos, dois dos quais com perguntas entre os próprios candidatos, um com perguntas de jornalistas e outro destinado às considerações.
Pelo sorteio da ordem das questões, Dilma teve a oportunidade de perguntar duas vezes diretamente para Marina, que perguntou à petista uma vez. Numa das indagações formuladas por jornalistas, o questionamento foi dirigido à presidente, com comentário da candidata do PSB.
 
Dilma x Marina
O primeiro embate entre Dilma e Marina se deu logo na segunda pergunta do debate, quando a presidente questionou a adversária sobre as mudanças de partido – ela saiu do PT para o PV, sigla que deixou para tentar criar a Rede, e por fim ingresou no PSB – e sobre a posição em relação à votação no Congresso da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).
Marina afirmou que votou a favor da criação da CPMF e disse ter coerência nas posições que defende. 'Mudei de partido para não mudar de ideais e de princípios', declarou. 'Não faço oposição por oposição. Sei o que é melhor para o Brasil'.  Na réplica, Dilma se disse 'estarrecida' pelo fato de, segundo ela, Marina ter se 'esquecido' de que votou contra a CPMF.
Noutro embate, Marina chamou de 'fracasso' a política do governo para o etanol. Disse que, durante o governo da petista, 70 usinas foram fechadas e 40 estão em recuperação judicial. 'A política de etanol do meu governo é baseada naquilo que você é contra: o subsídio', afirmou, dirigindo-se a Marina. 'Temos um conjunto de medidas para reforçar o setor de etanol', respondeu Dilma.
A presidente quis saber ainda a opinião de Marina sobre o crédito concedido por bancos públicos e disse que a adversária não sabe qual é o montante de crédito concedido. Marina afirmou que é um 'boato' a versão de que pretende 'enfraquecer' os bancos públicos. 'Não só vou manter o crédito dos bancos públicos, como vou fortalecer os bancos públicos. Isso é só mais um boato em relação à nossa aliança', declarou. ''O seu programa de governo diz que a sra. vai reduzir o crédito para os bancos públicos', retrucou Dilma. Marina reagiu reafiirmando que essa versão é um 'boato'. 'O que vamos evitar é subsídio para empresários falidos, aqueles que são os ungidos [...] Não vamos é permitir que o recurso do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social] seja usado para meia dúzia', declarou.
Aécio x Dilma
Aécio Neves foi alvo de perguntas de Dilma e Marina e conseguiu perguntar uma vez a Dilma. Também ouviu comentário de Dilma para uma pergunta feita a ele por um dos jornalistas.
O tucano aproveitou para criticar o governo ao ser questionado por Marina sobre a questão da energia. Ela quis saber o que Aécio pretende fazer, se eleito, para evitar um 'apagão' energético. Ele afirmou que não houve planejamento do governo nem investimento em linhas de transmissão. Marina disse que é preciso acabar com o 'improviso' e que o governo 'não fez o dever de casa' no setor de energia.
Dilma questionou Aécio sobre quais privatizações ele pretende fazer se for eleito e disse que o governo do PSDB tentou mudar o nome da Petrobras. Na resposta, Aécio disse que pretende 'reestatizar' a Petrobras e afirmou que as denúncias em relação à estatal 'não cessam'.
'É eleitoreiro falar que o sr. vai reestatizar. Vocês tentaram vender as ações a preço de banana', afirmou Dilma. Noutro momento, a presidente disse que o PSDB 'quebrou o Brasil três vezes' e 'desempregou'.
Corrupção
'Vou poupá-la do tema corrupção. Vamos falar sobre segurança pública', propôs Aécio ao perguntar para Dilma. Ela respondeu dizendo pretender ampliar as ações do governo federal nessa área, que é prerrogativa dos estados. Mas na réplica retomou o tema corrupção: 'Quero voltar ao tema corrupção. Na minha vida, tive tolerância zero com corrupção. Dei autonomia para a Polícia Federal prender Paulo Roberto e os doleiros todos', declarou.
Ao responder a uma pergunta de Pastor Everaldo, Aécio também criticou o pronunciamento de Dilma na abertura da Assembleia das Nações Unidas, na semana passada, em Nova York. Segundo ele, a presidente foi à ONU para fazer um 'autoelogio' do seu governo e propor diálogo com terroristas do grupo Estado islâmico, 'uma mancha na política externa brasileira'.
Alvos dos outros
Marina e Dilma também foram objeto de comentários em perguntas e respostas de outros candidatos. Levy Fidelix, por mais de uma vez, disse que Marina tem a companhia de 'sonegadores e banqueiros'. Dilma chegou a obter direito de resposta depois que Levy Fidelix e Pastor Everaldo debateram entre si o tema corrupção na Petrobras. 'Uma coisa tem de ficar clara: quem demitiu o [ex-diretor preso da Petrobras]  Paulo Roberto [Costa] fui eu. Eu fui a única candidata que apresentou propostas concretas de combate à corrupção', disse Dilma no tempo do direito de resposta.
Considerações finais
No último bloco, o das considerações finais, Dilma perguntou ao eleitor quem tem mais experiência e apoio político, quem enfrentou uma crise internacional e tem 'firmeza' para projetar o Brasil no cenário mundial. 'Peço que você reflita sobre todas essas questões. Tenho certeza que você vai fazer a melhor escolha', pediu.

Marina Silva afirmou que criará escolas em tempo integral e se comprometeu com o fim da reeleição. Reiterou que quer 'manter as conquistas e corrigir os erros'. A candidata disse que quer acabar com a polarização entre PT e PSDB, que, segundo ela, não têm mais condições de 'ouvir o Brasil'.
Aécio Neves disse ter se preparado para apresentar uma proposta de inflação controlada e retomada do crescimento. Segundo ele, o atual governo perdeu as condições de governar e Marina Silva ainda não reúne essas condições.
Pastor Everaldo se disse a favor da meritocracia, da liberdade da imprensa 'sem marco regulatório' e criticou o 'mar de corrupção'. 'Vote a favor da família', concluiu.
Eduardo Jorge afirmou que é o 'candidato do coração' das pessoas. 'Você tem que votar no que acha melhor, no que mais se identifica com vocês', afirmou.
Luciana Genro disse que é a 'única candidatura de esquerda coerente'. 'Para que as bandeiras sejam vitoriosas, precisamos do seu voto', pediu a candidata.
Levy Fidélix declarou que não é 'utópico' e que não vencerá as eleições. Criticou o pagamento de juros bancários e pediu 'consciência' a Dilma, Marina e Aécio. 'Apenas me coloco para 2018 como investimento, tá?', afirmou.

Fonte: http://www.blogdomagno.com.br/

Só porque é presidenta acha que pode tudo? errado!!!!! TSE manda Dilma retirar sua propaganda de prédios

O PT QUER TOMAR TUDO, ATÉ PRÉDIOS E MONUMENTOS HISTÓRICOS JÁ QUE "DESCOBRIRAM O BRASIL EM 2002"...FALA SÉRIO!!!..."A Justiça Eleitoral determinou que a campanha de Dilma suspenda imediatamente projeções luminosas com propaganda eleitoral realizadas em prédios e monumentos de sete cidades do país. O ministro Tarcísio Vieira de Carvalho, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), concedeu medida liminar em favor da coligação do tucano Aécio Neves para interromper propaganda petista em "outdoors eletrônicos" veiculadas em São Paulo (SP), Guarulhos (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS) e Vitória (ES). Os tucanos acusam a campanha da petista de divulgar propagandas em tamanho superior a quatro metros quadrados, com imagens de Dilma, número de votação e supostas ações de governo. As projeções foram realizadas, por exemplo, em propriedade particular no bairro do Leblon, no Rio, na Rua Augusta, em São Paulo, e na fachada externa do Museu Nacional, em Brasília. Foram listadas pelos tucanos um total de nove projeções nas sete cidades. Os advogados da coligação de Aécio alegam que as propagandas ocorrem em pontos turísticos de fluxo intenso de pessoas e têm forte apelo visual. NAS palavras do ministro Tarcísio Vieira de Carvalho, a utilização da fachada de prédios, bens públicos e particulares, para a projeção cinematográfica de propagandas eleitorais típicas, sobretudo em tamanho superior a quatro metros quadrados e impacto visual significativo, "além de aparentemente violar a legislação eleitoral, atenta contra o equilíbrio e a igualdade entre candidatos na disputa eleitoral". http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/tse-ordena-que-dilma-suspenda-propaganda-em-predios

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Tarcísio Vieira de Carvalho determinou que a coligação 'Com a Força do Povo', da presidente Dilma Rousseff, que tenta se reeleger, suspenda 'imediatamente' projeções com propaganda eleitoral feitas em prédios e monumentos de sete cidades do País.
O TSE concedeu medida liminar em favor da coligação do candidato do PSDB, Aécio Neves, a 'Muda Brasil', para interromper propaganda em 'outdoors eletrônicos' veiculadas em São Paulo (SP), Guarulhos (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS) e Vitória (ES).  Os advogados da coligação de Aécio alegam que as propagandas ocorrem em pontos turísticos de fluxo intenso de pessoas e têm forte apelo visual.
Para o ministro Tarcísio Vieira, a utilização da fachada de prédios, bens públicos e particulares, para a projeção cinematográfica de propagandas eleitorais típicas, sobretudo em tamanho superior a quatro metros quadrados e impacto visual significativo, 'além de aparentemente violar a legislação eleitoral, atenta contra o equilíbrio e a igualdade entre candidatos na disputa eleitoral'.  (Portal BR 247)

Fonte: http://www.blogdomagno.com.br/

domingo, 28 de setembro de 2014

Terceiro debate: Dilma Rousseff, Marina Silva e Aécio Neves

Terceiro debate: Dilma RousseffMarina Silva e Aécio Neves no ringue http://goo.gl/AkL0nc Depois dos debates da Band e do SBT, os presidenciáveis se enfrentam a partir das 22h na Record; Dilma tenta abrir vantagem para liquidar a disputa presidencial no primeiro turno; desafio de Marina Silva é estancar a queda e chegar ainda com força ao segundo turno; a uma semana das eleições, o tucano Aécio Neves não tem escolha e vai para o tudo ou nada; trackings das campanhas apontam uma situação de empate técnico, no limite da margem de erro, entre Aécio e Marina na disputa pelo segundo lugar; assista ao vivo pelo liveblog




Fonte: https://www.facebook.com/Brasil247?fref=photo

Com R$ 1 bi, trem bala sai do papel e entra em campo

Leandro Mazzini - Coluna Esplanada

 É tamanha a polêmica com o famigerado trem-bala anunciado e inclusive a incredulidade dos envolvidos, que até os servidores que trabalham diretamente no projeto entraram na gozação. No tradicional torneio de futebol entre agências reguladoras, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) batizou seu time de Trem-Bala.
A despeito da lentidão dos estudos de viabilidade, que devem consumir R$ 1 bilhão até o fim do ano, o Trem-Bala da ANTT entrou como locomotiva em campo e já venceu o time da ANEEL no último dia 22.
Fora de campo, a Empresa de Planejamento e Logística, que contratou a consultoria para o projeto, tem até dezembro para concluir os estudos. Sem gol contra.
Enquanto isso, sem demagogia e com projeto sério, o Japão, vanguarda no setor, vai lançar o MagLev: seu futuro trem atingirá 500 km/h.
O então presidente Lula prometeu o trem-bala Rio-SP com investimentos privados. Como nenhum investidor acreditou, só o governo deve investir. Se entrar no trilho.

Fonte: http://www.blogdomagno.com.br/index.php

DEVO, NÃO NEGO:Fábrica da Bom Gosto em Garanhuns acumula dívida com pecuaristas e fornecedores


Heudes Regis/JC Imagem
Fábrica da LBR em Garanhuns
A situação da fábrica da Bom Gosto em Garanhuns vai de mal a pior. O V&C vem acompanhando o drama de funcionários e fornecedores que vivem uma angústia que se arrasta desde março, quando a LBR, controladora da unidade, entrou em recuperação judicial. Agora, foi a vez do Jornal do Commercio abordar o assunto. Mês passado, a Bom Gosto foi vendida para a ARC por 50 milhões de reais, mas o desfecho desse drama está longe do fim. A venda ainda precisa ser aprovada pelo Cade. E pra piorar a situação, a empresa está sem produzir,  devendo a vários pecuaristas e fornecedores que agora fazem um apelo para receber pelo leite e materiais fornecidos.

Heudes Regis/JC Imagem
Placa da LBR em Garanhuns

Segundo matéria do Jornal do Commércio, A  LBR é uma das maiores captadoras de leite da bacia, com capacidade para processar 595 mil litros por dia. A redução da oferta, provocada pela seca e pelos problemas de gestão, diminuíram a captação para 250 mil litros por dia. “Sem as grandes indústrias para comprar o produto, o preço despencou. Antes o litro estava na casa de R$ 1,25; mas desabou para R$ 0,80”, compara o presidente do Sindicato dos Produtores de Leite de Pernambuco (Sinproleite-PE), Saulo Malta. As sobras estão sendo vendidas para as queijarias.
Heudes Regis/JC Imagem
Uma das fazendas que esperam pra receber dinheiro da Bom Gosto

“Essa Bom Gosto tá mais pra mau gosto. Levou 13 mil litros de leite da minha fazenda e nunca me pagou. Essa região depende do leite. Se acabarem com a atividade o que será de nós?”, questiona o produtor do município da Pedra (Agreste) Wildes da Costa Galindo, de 75 anos. A LBR ficou devendo R$ 14,3 mil ao pecuarista, que cobrou a dívida na Justiça. “O pior é que não dão nenhuma satisfação a gente. Aqui só ficam uns gerentes, que não resolvem nada”, completa. O JC esteve na LBR, em Garanhuns, mas os gerentes se esquivaram de responder a qualquer questionamento, fornecendo o contato da assessoria de comunicação da empresa, em São Paulo, que sequer retornou o pedido de entrevista.

O produtor Joaquim Almeida Macedo (conhecido na região por seu Zito) diz que um gerente da LBR esteve na sua casa para pedir que ele formasse um grupo de pecuaristas para fornecer 100 mil litros de leite por dia a empresa. “Eu estava colocando meu leite nas queijarias sem problema pra receber, mas tinha leite sobrando e às vezes nem os queijeiros conseguiam dar conta de comprar tudo. Aí resolvi vender pra eles e ficaram me devendo R$ 62 mil”, conta o pecuarista da Fazenda Poção, na Pedra. 

A legião de produtores que levaram calote se espalha por toda a região. Em Água Belas, a LBR ficou devendo R$ 30,6 mil à Cooperativa Mista dos Agricultores Familiares do Vale do Ipanema (Coopanema). “Precisamos pegar dinheiro com agiota para não deixar os produtores na mão. Procuramos por eles, mas não recebemos informação sobre pagamento”, diz o presidente Francisco Justino.

Uma das cooperadas, Rita Nunes, diz que o produtor não aguenta mais sofrer. “Já penamos com a seca, tendo que gastar tudo o que tínhamos para salvar os animais e agora vem esse problema da baixa do leite com o preço muito ruim. Sem falar que o preço cai aqui, mas não baixa para o consumidor”, reclama. Enquanto o produtor recebe R$ 0,80 pelo litro, o consumidor paga entre R$ 3,40 e R$ 3,60 por uma caixa de longa vida. O mesmo acontece com o queijo coalho que no interior é vendido por R$ 9 e chega à cidade com valor entre R$ 22 e R$ 25 o quilo.

FUNCIONÁRIOS
Diante da crise que se estabeleceu na fábrica da Bom Gosto, os cerca de 130 funcionários vivem o fantasma da demissão, já que nem a LBR nem a ARC tecem qualquer comentário sobre a futura destinação da empresa e nem definem a situação dos trabalhadores. Como a produção parou, os funcionários não têm muito o que fazer e trabalham no sistema de rodízio. Ainda segundo matéria do Jornal do Commercio, a dívida da LBR no Brasil é de R$ 647,3 milhões e ultrapassa R$ 3 milhões em Pernambuco. 

Com informações e fotos do Jornal do Commercio

Para ver a matéria no site do jornal clique no link abaixo

Fonte: http://www.vecgaranhuns.com/2014/09/devo-nao-negofabrica-da-bom-gosto-em.html

Corrente do PT decide apoiar Paulo Câmara


                    :
Do Portal Pernambuco 247

Uma das correntes do Partido dos Trabalhadores, a PT de Lutas e Massa (PTLM) decidiu apoiar a candidatura do ex-secretário estadual da Fazenda Paulo Câmara (PSB) ao governo de Pernambuco. Em nota, a tendência diz que 'o PT de Pernambuco vem seguindo um caminho que o afasta dos seus princípios éticos fundamentais'. 'Desde 2012, nas prévias para eleição à Prefeitura do Recife, vimos o PT desprezar sua democracia e descumprir suas decisões de encontros do partido', diz o texto.
Segundo o coordenador da campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) no estado Gilson Guimarães, um dos pontos de insatisfação da PTLM são as campanhas do candidato ao governo de Pernambuco Armando Monteiro (PTB) e do postulante ao Senado (PT) João Paulo esconderem a presidente de suas campanhas.
'Até 15 dias atrás, havia a rejeição em ligar o nome dos candidatos com Dilma, porque ela estava em baixa nas pesquisas. Até as peças de João Paulo dizem que ele é de Lula e Dilma mal aparece', alfinetou Gilson.
Armando ocupa a segunda posição nas intenções de voto para governador, com 34% do eleitorado, conforme pesquisa Datafolha, divulgada na última sexta-feira (26). O ex-secretário Paulo Câmara lidera a disputa, com 43%. 

Ligação com o PSB

A PTLM era, historicamente, ligada ao PSB antes do rompimento entre petistas e socialistas. Na eleição de 2012, por exemplo, quando o PT-PE passou pela maior crise de sua história, a corrente criticou a atitude tomada pela alta cúpula do partido, de lançar o nome do senador Humberto Costa (PT) para o pleito municipal.
Na época, o PT decidiria o seu candidato a prefeito do Recife com uma prévia partidária disputada entre o então chefe do Executivo municipal, João da Costa, atual postulante a deputado federal, e o secretário de governo de Pernambuco, Maurício Rands, hoje no PSB. O dirigente era apoiado pelo presidente estadual do PT na época, deputado Pedro Eugênio, e pelo então governador Eduardo Campos (PSB), ainda que não fosse um apoio explícito.
Devido a denúncias de fraudes na primeira disputa interna, a prévia foi cancelada. Membros do PTLM criticam o que chamaram de autoritarismo de integrantes do partido sob o 'comando' do senador Humberto Costa e do deputado federal João Paulo, principal inimigo político de João da Costa por motivos até hoje não esclarecido

Fonte: http://www.blogdomagno.com.br/index.php

Representante do Ceará, Melissa Gurgel é eleita a Miss Brasil 2014

A Miss Ceará Melissa Gurgel é a nova Miss Brasil. A modelo foi eleita neste sábado (27) sob aplausos de uma plateia eufórica, já que o concurso foi realizado na cidade de Fortaleza.

Miss Ceará (Foto: Lucas Ismael/Band/Divulgação)

Em segundo lugar ficou a Miss São Paulo, Fernanda Leme, enquanto Deise Benício, do Rio Grande do Norte, ficou em terceiro lugar.


MelissaA  cearense Melissa Gurgel, 20 anos, foi eleita neste domingo (28) a Miss Brasil 2014. Ela disputou com outras 26 garotas a coroa de mulher mais bonita do país, em concurso realizado no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza. Ela recebeu a faixa de Miss Brasil e um carro no valor de R$ 40 mil, como premiação do 60º concurso Miss Brasil. Para Melissa, a torcida que lotou o Centro de Eventos foi importante na sua vitória. "Estou muito feliz com o resultado. A torcida cearense foi fantástica e me deu muita garra. Cada passo que eu dei foi graças a Deus", disse ao G1, ao receber a faixa de miss.
Questionada sobre o que é necessário para ser a Miss Brasil, a cearense destacou a determinação. “O que me levou à vitória foi algo que eu aprendi desde o início da vida: que a gente só perde pra nós mesmos. A partir do momento que você decide uma coisa com determinação, o que você decide fazer você pode ir muito além do que imagina.”
Em segundo lugar ficou Fernanda Leme, de São Paulo, e em terceiro, a potiguar Deise Benício, de 23 anos. As duas ganharam uma viagem para o México. (Veja galeria de fotos do evento.)
A nova miss brasileira recebeu a coroa e faixa de Jakelyne Oliveira, de Mato Grosso, vencedora do título em 2013. Ela vai disputar agora o Miss Universo, que será realizado neste ano, nos Estados Unidos.
O coordenador técnico do concurso, Evandro Hazzy, se diz confiante na vitória de uma brasileira no Miss Universo. “Este é o melhor ano da história no que se refere ao nível das candidatas. Tenho oito meninas que estão no mesmo nível de critérios técnicos”, afirmou ele, que vem preparou as jovens para a competição durante três meses.
Durante duas horas de evento, as candidatas desfilaram com trajes típicos de cada estado, vestidos de gala e biquíni. A cada etapa, parte das concorrentes era eliminada. A vencedora foi anunciada quando restavam três misses estaduais.
Miss Espírito Santo venceu prêmio de melhor figurino (Foto: Lucas Ismael/Band/Divulgação)Miss Espírito Santo venceu prêmio de melhor
figurino, inspirado em Nossa Senhora
(Foto: Lucas Ismael/Band/Divulgação)
No primeiro bloco do concurso, a miss Espírito Santo, Amanda Recla, de 20 anos, venceu o prêmio de melhor figurino entre os trajes típicos. Um dia antes do evento, ela desfilou em traje inspirado na Nossa Senhora.
No segundo bloco, as candidatas elegeram a “Miss Simpatia”, e a miss Rondônia, Sinaira Machado, de 24 anos, recebeu o maior número de votos. Doze garotas foram eliminadas da competição neste bloco.
No terceiro bloco do concurso, as candidatas fizeram o tradicional desfile de biquíni e mais cinco candidatas foram eliminadas, restando 10 misses. No quarto bloco, elas desfilaram de maiô e outras cinco jovens deixaram a disputa.
Os jurados também fizeram perguntas às garotas. Entre as questões, a misses foram questionadas sobre que medida adotaria caso fosse presidente, qual o livro preferido e quais projetos elaboraria para pessoas sem acesso à educação.
Reação da cearense ao ser anunciada Miss Brasil (Foto: Lucas Ismael/Band/Divulgação)Reação da cearense ao ser anunciada Miss Brasil (Foto: Lucas Ismael/Band/Divulgação)









A Miss Ceará vai representar o Brasil no concurso Miss Universo 2014
Fonte: http://www.oreporter.com/Representante-do-Ceara-Melissa-Gurgel-e-eleita-a-Miss-Brasil-2014,12578798970.htm 
e do http://g1.globo.com/ceara/noticia/2014/09/cearense-melissa-gurgel-e-eleita-miss-brasil-2014.html

Garanhuns há uma semana da eleição que pode devolver sua representação na Assembleia Legislativa do Estado

Estamos há uma semana das eleições 2014, uma festa da democracia, onde brasileiros pernambucanos e garanhuenses irão às urnas eleger seus representantes. Levando-se em consideração apenas o cenário eleitoral em Garanhuns, um dos resultados mais aguardados é o desfecho da disputada briga de candidatos radicados na cidade por uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado já que, desde a saída de Izaías Régis da ALEPE, para assumir o cargo de prefeito, Garanhuns tem estado órfã de representantes no legislativo. Com isso, perdemos assento em dos fóruns políticos mais importantes do Estado. É lá onde são propostas e aprovadas novas leis que podem influenciar nossas vidas, além de ser o local onde são votados o orçamento estadual e emendas que podem canalizar recursos para obras importantes na cidade e região do Agreste Meridional.

O deputado estadual é seu representante no legislativo. Você bota ele lá, portanto, tem legitimidade para fiscalizar seu trabalho, e tirá-lo da função após quatro anos, caso não tenha produtividade ou não corresponda as expectativas. É muito importante nos posicionarmos a favor do crescimento de Garanhuns que, sendo o nono maior município de Pernambuco e o terceiro maior do estado, não pode mais ficar no limbo político, sem representação na Assembleia pelos próximos quatro anos. Seria um desastre para o município que conta com 136 mil habitantes.

Domingo passado, durante uma entrevista,  perguntaram a Joaquim Barbosa, ex-presidente do STF, como era possível mudar o país. Ele foi enfático. "Através do voto". E completou: "Não só do voto, mas de um bom voto". Barbosa quis dizer que, para as mudanças acontecerem, a opção do eleitor deve ser consciente, com propósito na coletividade, desobrigada, sopesada, livre de amarras, currais ou de troca de favores. Acrescentaríamos ainda, como um bom voto, no caso da disputa para deputado estadual, aquele dado a candidatos da cidade ou da região pois são eles os que mais conhecem a realidade local, sendo, portanto, os que mais podem fazer algo para mudá-la. Se não corresponder, reclame, denuncie, troque.  Assim é a Democracia.


OS CANDIDATOS A DEPUTADO ESTADUAL DO PG, (PARTIDO DE GARANHUNS)

Sivaldo Albino -  PPS 
foto do candidato

Wellington Carneiro - PP
foto do candidato

Zaqueu Naum Lins - PDT
foto do candidato

Professor Jaílton - PSOL
foto do candidato


Gersinho Filho - SD
foto do candidato

Ainda disputam uma vaga na Câmara Federal, Dra. Claudomira  Adrade e Paulo Camelo, ambos radicados em Garanhuns.
Fonte: http://www.vecgaranhuns.com/

sábado, 27 de setembro de 2014

Seria Cômico se não fosse trágico - Ladrões fogem de burro após roubar cofre da Câmara de Vereadores em Sergipe

Ladrões fogem de burro após roubar cofre da Câmara de Vereadores de São Cristóvão no Sergipe


 Na madrugada desta quinta-feira (25) moradores do município de São Cristóvão (22 km de Aracaju) assustaram ao se deparar com um cofre abandonado em uma carroça. Segundo informações, o cofre foi deixado no local por indivíduos que invadiram a Câmara Municipal da cidade durante a madrugada, eles quebraram o vidro da Câmara e arrombaram duas portas para ter acesso ao prédio que fica anexo a uma loja do Banese Card. Os gatunos então resolveram levar um cofre e ladrão arruma força do cão para carregar um objeto de tamanho peso, mas no momento em que colocavam o pesado cofre em carroça avistaram uma viatura da Polícia Militar que fazia rondas na região, no desespero os ladrões subiram em cima do burro que estava amarrado na carroça e fugiram deixando para trás carroça e o cofre. De acordo com informações da polícia pelo menos quatro pessoas participaram da tentativa de furto, o local possui circuito interno de câmera que vão identificar os outros suspeitos que fugiram do local, antes que vocês pensem que o burro correu mais que a polícia, os dois assaltantes que estavam no animal foram alcançados e detidos em flagrante e levados para a delegacia do município. A polícia não informou o que tinha dentro do cofre..


Repórter Cidades / Plantão PolicialJerry Mesquita
WhatsApp(64) 9297 8263
CorrespondenteSergipe / Plantão Policia

Fonte: http://portalplantaopolicial.com.br/noticias/ladroes-fogem-de-burro-apos-roubar-cofre-da-camara-de-vereadores-de-sao-cristovao-no-sergipe
















EM ALAGOAS IRMÃO DE VEREADOR É ASSASSINADO APÓS DENUNCIAR DESVIO DE DINHEIRO DE CAMPANHA:


Na noite desta quarta-feira (24) o irmão do vereador Almir Belo foi morto a tiros no Distrito Rocha Cavalcante em União dos Palmares em Alagoas (79 km da capital Maceió). Segundo informações, a vítima identificada como Alisson Belarmino teria se desentendido com o amigo e companheiro de campanha Eduardo Pedrosa, conhecido como “Dudu” após um comício na região. Ainda segundo informações, Alisson teria descoberto o desvio de recursos destinados à campanha eleitoral de um candidato a deputado federal a que ambos eram aliados e após descoberto o suposto desvio, o dinheiro para Dudu havia sido suspenso motivando a discussão e morte de Alisson. Eduardo que é dono de um posto de combustível e sobrinho do vice-prefeito após efetuar vários disparos de arma de fogo contra Alisson fugiu em um veículo e capotou em seguida, mas isso não impediu que ele mesmo ferido conseguisse fugir do local. Até o momento o autor já identificado não foi localizado. segundo informações a Família de Eduardo já esteve envolvida em outro crime. O caso esta sendo investigado.

Jerry Mesquita - Repórter Cidades WhatsApp: (64) 9297 8263
Fonte: Correspondentes do Plantão Policial

Link da matéria com imagens sem censura:


http://portalplantaopolicial.com.br/noticias/em-alagoas-irmao-de-vereador-foi-assassinado-porque-teria-descoberto-um-suposto-desvio-de-recursos-de-campanha


Fonte: https://www.facebook.com/plantaopolicial1