segunda-feira, 6 de abril de 2015

Leitor reclama descaso com Iluminação Pública em bairro de Garanhuns





Ronaldo, gostaria de usar o espaço do blog que é tão bem acessado e tem credibilidade, para reclamar sobre a iluminação das ruas no entorno do colégio Elvira Viana, estendendo-se até a Compesa, no alto do Columinho. 

As ruas não possuem iluminação pública adequada, é o caso das ruas Itamaracá, Presidente Café Filho, Av. Felipe Camarão, entre outras. Quando há iluminação, é muito precária, o que torna essa parte de Heliópolis muito perigosa. 

Outro fato absurdo: Mesmo sem iluminação, os moradores pagam pela taxa de iluminação pública cobrada pela PREFEITURA/CELPE. Isso é inaceitável. 

Outra prática recorrente nessa parte do bairro é o dano ao patrimônio particular cometido por agentes da COMPESA. Eles alegam que a numeração das casas não corresponde com o que há registrado na companhia e RISCAM as paredes das casas com números diferentes dos que foram determinados pela Prefeitura de Garanhuns. Isso já foi motivo de reclamação e a prática voltou a ser feita. Ora, isso nada mais é que deterioração do patrimônio particular. 

Reitero também que além de pagar a taxa de iluminação pública (iluminação essa que não é fornecida), os moradores se veem obrigados a colocar duas lâmpadas fluorescentes, que passam quase 12h acesas para que se tenha iluminação na rua, papel esse que é do município. 

As referidas fotos são da Rua Itamaracá e da Pres. Café Filho). 

Note também o poste sem o braço de iluminação. A CELPE joga a culpa no município e esse não toma nenhuma atitude. Isso já dura 5 anos. 

Quem é o beneficiado com essas taxas que são pagas por um serviço que não é fornecido e coloca toda a população dessa região do bairro em risco? Os moradores é que não são.

Agradeço, caso possa publicar este reclame dos moradores do bairro.


Leitor diário do blog.

Fonte: http://blogdoronaldocesar.blogspot.com.br/