terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Movimento Passe Livre programa atos contra Aumento das Passagens


O Movimento Passe Livre (MPL) está organizando diversos atos pelo Brasil para protestar contra os aumentos nas passagens do transporte público.

No Rio de Janeiro, o MPL organiza para esta segunda-feira, dia 5, o 4º Encontro Contra o Aumento da Passagem no Largo de São Francisco, no Centro, às 18h, segundo texto no Facebook do grupo. No convite publicado na rede social, constavam às 14h deste domingo, 4, a confirmação de participação de 4.662 pessoas no Evento. O ato ganhou força depois de o prefeito Eduardo Paes anunciar que a tarifa dos ônibus municipais aumentaria de R$ 3,00 para R$ 3,40 desde o último sábado, dia 3.

Também nesta segunda-feira, 5, o MPL em São Paulo vai realizar o que chama, em sua página no Facebook, de "Aula Pública Contra a Tarifa". A mobilização vai ocorrer em frente à prefeitura da capital paulista às 17h.

Já na quarta-feira, dia 7, o movimento na cidade de Joinville, em Santa Catarina, organiza um ato contra o aumento da tarifa para R$ 3,70. Na segunda maior cidade catarinense, o evento está marcado para as 18h em frente à Praça da Bandeira. Cerca de 600 pessoas confirmaram no convite feito no Facebook que irão comparecer.

No mesmo dia 7, o MPL em Salvador organiza o 1º Ato Contra o Aumento para as 14h, no Campo Grande. "Se a tarifa aumentar, Salvador vai parar" é o lema que consta no convite, que registra 948 pessoas.

Em São Paulo está previsto mais um evento, na sexta-feira 9. O MPL programa um ato para as 17h em frente ao Teatro Municipal contra o provável aumento nas tarifas de ônibus, metrô e trem. Na página do evento na rede social, até a tarde deste domingo cerca de 25 mil pessoas haviam confirmado presença ao ato e à aula na Cidade.

GARANHUNS - Aqui em Garanhuns as passagens foram reajustadas em R$ 0,20 desde o último dia 1º, passando a ser o seguinte: R$ 2,20 nas linhas convencionais e R$ 2,70 para o “Garoinha”. Em contrapartida, a empresa São Cristóvão se comprometeu em melhorar a frota e criar novas linhas. O reajuste foi autorizado pelo Prefeito Izaías Régis (PTB) através do DECRETO Nº 081/2014.


Vale registrar que em 2013 as passagens custavam R$ 2,10 e foram reduzidas para R$ 2 depois de uma grande mobilização popular, marcada por um Grupo de Manifestantes, que, pacificamente, tomou as ruas da Cidade e se posicionou defronte a sede da Prefeitura, seguindo uma série de movimentos desencadeados em todo o País. RELEMBRE

Com informações do Diário de Pernambuco.

Fonte: http://www.blogdocarloseugenio.com.br/