quarta-feira, 27 de julho de 2016

PROTESTO: Mototaxistas cobram Fiscalização para coibir Clandestinidade



Mototaxistas cadastrados junto a Prefeitura de Garanhuns realizaram um protesto na manhã de hoje, dia 27. Eles reivindicam o inicio das fiscalizações, visando coibir o trabalho clandestino na Cidade.

Pouco mais de 200 profissionais participaram do protesto, cuja concentração foi no Relógio das Flores. De lá, os mototaxistas partiram em direção à sede da Prefeitura. “Pagamos todas as taxas e estamos de coletes novos, mas os clandestinos continuam trabalhando normalmente. Nós queremos que as fiscalizações que foram prometidas sejam realizadas”, pontuou um Mototaxista Cadastrado em reserva.

Depois de serem recebidos pelo secretário de Governo, Mewitón Araújo, os mototaxistas saíram com a certeza de que serão recebidos numa reunião a ser realizada nos próximos dias para que as reivindicações possam vir a ser atendidas. Segundo informações veiculadas na Rádio Jornal, o Presidente da AMSTT, Coronel Emanuel, justificou a não realização de blitz´s durante o período do Festival de Inverno ao pequeno efetivo do Órgão, que estaria totalmente empregado nas ações de fiscalização do trânsito na Cidade. Atualmente, Garanhuns possui 434 mototaxistas. 

Postado por