sexta-feira, 25 de abril de 2014

GRUPO LACERDA SERÁ A PRIMEIRA INDUSTRIA A SER INSTALADA NO PARQUE INDUSTRIAL DA CIDADE DE SÃO JOÃO

Um ano depois de ser aprovado por unanimidade na câmara de Vereadores da cidade São João, o projeto de lei e aceito pelo Poder Executivo, que criou O Parque Industrial do Município,vai começa a sair do papel a partir do mês de Maio.
O grupo LACERDA E LACERDA COMERCIO, DISTRIBUIÇÃO E IMPORTAÇÃO DE ALIMENTOS LTDA, apresentou o Projeto de Implantação e Ampliação da Central de Distribuição, Empacotamento de Grão e Representações no Município de São João, o Grupo Lacerda será a primeira Empresa à estala se no Parque Industrial, como uma estrutura que será implantada em 3.5 Hectares, terreno localizado na rodovia as margens da PE - 177.
A estrutura contará com:
- Central de Distribuição
- Prédio Administrativo - Auditório - Alojamento - restaurante.
- Estacionamento - Carretas.
- Baias de Carregamento e Descarregamento
- Oficina
- Industria de beneficiamento de Arroz e Feijão (feijão comprados aos produtores da região)
Um investimento de : 5.000.000.00 (cinco milhões de reais), fontes BNDS e PRODEPE, em acordo firmado pelos os 11 vereadores da Câmara Municipal de São João,para implantação em 2 anos.
- Empregos gerados 100 a 150 diretos e mais 100 indiretos.
O investimento do Grupo Lacerda vai gerar um receita anual de 320 mil reais em recolhimentos de impostos referentes as contribuições tributáveis, IPVA - ISS - ICMS entres outros.
- Folha de pagamento de funcionários de 1.000.000,00(um milhão de reais), Assim teremos uma injeção de 1.300.000,00 (um milhão e trezentos mil reais) na economia do Município
Os empresários Vitor e Diogo Lacerda ao lado do vereador Pierre Santiago autor do requerimento do projeto de lei do parque Industrial
A cidade de São João, igual a muitas cidades pequena desse país precisa de iniciativas,como a do Grupo Lacerda e visão politicas dos nossos governantes, criando leis iguais essa, que criou o Parque industrial, estão de parabéns o prefeito e os onze vereadores, que olharam o lado econômico e social desse município.



Fonte: Jupi Agreste